Domingo, 30 de Março de 2008

As paredes de Miguel Bombarda

… são diferentes

 

Nota-se que estamos numa rua diferente só ao olhar para as paredes da zona de Miguel Bombarda. Os graffiti, os stencis têm uma intenção ou uma forma que os distinguem das outras zonas da cidade.

Fomos registando o que vimos.

 

A Gioconda em duas versões


         

 

 

Rivoli

 

Os movimentos de luta contra a privatização do Rivoli estão bem presentes nestes stencis. Não deixam esquecer que muitos cidadãos do Porto não concordam com a decisão da Câmara Municipal do Porto.

    


     

 
 

Preocupações políticas

 

As paredes reflectem as críticas às orientações políticas. A guerra do Iraque tem um destaque muito importante.

 

    


    

 

 

Caras

 

São grandes, a maior parte, pequenas. Espreitam pelos cantos e paredes …


     

    

          

 

Mensagens?

 

Não sabemos, muitas vezes, o que quem as fez, pretende. Mas estão lá, nas paredes, para as vermos.


      



       

 

Recados

 

São recados? São desabafos? São decoração? Dão que pensar …


   


   


Convite

As paredes da zona de Miguel Bombarda “falam” muito através dos graffiti e stencis. Se encontrar novos motivos, novos desenhos, novas mensagens, enviem-nos!

       


artigo do grupo bombarte às 20:29
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 20 de Março de 2008

Na Oficina

de Artes


 

Em vez de fazermos trabalhos com assuntos artificiais, propusemos à professoras de Oficina de Artes (professoras Glória Gonçalves e Adelaide Tavares) trabalhos sobre o tema dos nossos projectos. Neste caso, são capas de CDs promocionais sobre a zona de Miguel Bombarda.

Temos mais ideias para produzir mais materiais para publicitar a área e as suas actividades. Achamos que é importante que as outras disciplinas participem nos nossos projectos de AP.


  
      Joel Araújo                                                          Beatriz Lacerda

   

   Rui Pinto                                                           Vasco Lourenço

 

         Joana Costa                                                           Romina Mendes

            

 

Sofia Almeida                                                        Mafalda Moura

  

          

 

João Alves                                                                  José Luís Dias

artigo do grupo bombarte às 23:41
link do post | comentar | ver outros comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 5 de Março de 2008

A trabalhar!

Métodos e técnicas

 

Para desenvolvermos o nosso projecto temos de usar técnicas muito diversas:

 

Consultamos livros, jornais e revistas…

Pesquisamos na net…

Falamos com pessoas…

Fazemos e aplicamos inquéritos…

Tirámos notas à mão e no computador…

Fotografamos…

Filmamos…

Observamos…

    

    

    

    

artigo do grupo bombarte às 22:57
link do post | comentar | favorito
|

Reportagem

Aula de Campo


No dia 4 de Março a aula de Área de Projecto decorreu na zona de Miguel Bombarda. Encontramo-nos na esplanada do CCB e esperámos pela hora de entrevistar o galerista Fernando Santos.

Fomos ver as suas galerias e aprendemos muito! Estamos a preparar o que ficámos a conhecer sobre a vida de quem se dedica à arte há muitos anos.


   

     

    

  

artigo do grupo bombarte às 22:08
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 2 de Março de 2008

Notícias 02

 
Manuel dos Santos Maia na escola
 
Conforme prometido, o artista plástico Manuel dos Santos Maia veio à nossa escola para falar connosco. O primeiro encontro foi muito breve e aconteceu, como já contámos, durante as inaugurações de Novembro.
Para aproveitarmos o melhor possível a sua presença, ficámos na sala de aula. No princípio estávamos um bocado nervosos e ele também! Mas o gosto que tem pelo que faz e o prazer que tem de o partilhar com outros tornou a conversa muito útil e agradável.
Falou do seu percurso como artista, do processo de produção e exposição dos projectos. Percebemos que produzir é mais do que fazer: há muito trabalho prévio que antecede a produção de uma obra. Chamou a atenção para a importância dos registos escritos durante todo o processo de elaboração. Este aspecto mereceu, por parte de muitos de nós, alguma admiração.
Referiu o papel dos portefólios que acompanha o artista e a importância dos blogs como um meio de divulgar as obras dos artistas, as suas reflexões, os seus projectos.
 
   
     
Sobre Miguel Bombarda abordou entusiasmadamente os diferentes aspectos e potencialidades da área. O projecto petit Cabanon, que já abordámos no nosso blog, mereceu explicações particulares. Percebemos que está muito ligado a este projecto.
Reflectiu connosco sobre os problemas da zona, sobre as relações entre as galerias os lojistas, e outras instituições da zona: o Museu Soares dos Reis e a galeria do Palácio.
Afirmou estar disponível para nos apoiar no que precisarmos. Agradecemos muito!

Apresentações dos projectos

 

No passado dia 12 apresentámos os nossos projectos: no anfiteatro da escola, as turmas dos cursos de ciências sociais e humanas, juntaram-se. Em 5 minutos, cada grupo tinha de expor os objectivos do projecto, actividades desenvolvidas e propostas de trabalho para o futuro.
Foi uma experiência importante porque tivemos de fazer um exercício nada fácil: em pouco tempo mostrar o que fizemos e o que queremos fazer. Usámos o powerpoint para apoiar a nossa exposição oral. Correu bem apesar dos nervos! No dia 14 foi a vez das turmas de ciências e tecnologias.
Foi uma boa experiência para treinarmos e para conhecermos os outros projectos e dar a conhecer o nosso. Achámos que a nossa proposta agradou aos alunos e professores presentes.
artigo do grupo bombarte às 21:50
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 1 de Março de 2008

Fomos falar com uma galerista

Galeria Arthobler


A Galeria Arthobler é a última galeria da rua Miguel Bombarda. Mantém uma actividade há 6 anos e é dirigida por Manuela Hobler, uma suíça que vive em Portugal há mais de 15 anos. Quisemos conhecer como se escolhem artistas para expor, as dificuldades de uma galeria e claro, os problemas de Miguel Bombarda. Relatámos os momentos principais de uma longa entrevista.

 

   

 

Porque razão se dedicou a esta actividade?

Estava num trabalho completamente diferente: estava é frente de uma empresa, mas queria ter uma ocupação que tivesse um pouco mais a ver com a minha paixão, que é a arte. Surgiu, então, a ideia de fundar esta galeria.


Quantas exposições organiza por ano? Que tipo de artistas expõe?

A galeria organiza cerca de seis a sete exposições por ano. Quanto aos artistas, tentamos ter uma variedade de novos artistas portugueses, de preferência conhecidos. Mas os artistas mais famosos de Portugal já estão integrados em galerias que existem há mais tempo. Expomos também obras de alguns artistas estrangeiros que tenham um trabalho interessante.


Pode falar da artista que expõe agora?

É o trabalho de Ana Rute de Medeiros que tem 25 anos e é dos Açores. Já participou em 2 exposições de grupo. Gosto muito do seu trabalho, do seu pensamento e sensibilidade para os problemas humanos. Daí a proposta para uma exposição individual.

http://www.arthobler.com/artists/ana%20rute/pages/ana%20rute%20home.htm


Há algum critério na escolha dos artistas?

Sim, normalmente o trabalho tem de me dizer alguma coisa: se não gostar do trabalho não exponho. Tento repetir os artistas de 3 em 3 anos, para que os clientes possam acompanhar a sua evolução.


Pode citar o nome de alguns?

Dário Basso Paulo Neves, Jules Maidoff, Foggini, Cecília Paredes, David Almeida, Silvia Levenson, Rui Matos, para só citar alguns.

http://www.arthobler.com/artists/artists061.htm


Há mercado para a aquisição de arte em Portugal (Porto)?

Não se vende como antigamente em Portugal: os artistas novos têm dificuldades em começar a vender os quadros. Mas os mais famosos vendem muito bem, não aqui, mas lá fora.


Existe uma grande afluência por parte do público nas exposições?

Sim, sobretudo nas inaugurações. Durante a semana é tudo muito calmo, mas Sexta e Sábado há bastante gente. Os horários têm de ser revistos.


   


Existe algum tipo de ligação entre as galerias e as lojas da rua?

Existe uma ligação muito informal, estamos aqui agrupados, respeitamos as aberturas, as inaugurações. Mas não há muito trabalho de grupo.


Na sua opinião quais os aspectos negativos que poderiam ser melhorados da rua?

Não é uma zona muito agradável, tem muito pouca visibilidade, não há divertimento informal (bares, etc.). Penso que uma rua dedicada às artes deveria ser mais central.


E quais os aspectos positivos?

Estarmos todos juntos, pessoas que querem ver arte no Porto vêm à zona Miguel Bombarda.


Acha que falta animação na rua?

Não é a animação que falta, a animação é que nem sempre faz bem à arte. Mas nas inaugurações tem piada. O que precisamos é da animação que vem do facto de haver mais lojas, mais movimento natural das coisas. Este tipo de animação é a que precisamos, a que decorre da vivência efectiva destes espaços.


Existe alguma parceria ou ligação entre as galerias e o Museu Soares dos Reis?

Não, acho pena não trabalharmos em conjunto, pelo menos uma vez por ano com o Museu porque eles estão mesmo ao lado. Sei lá, podia-se fazer uma festa de verão! Penso que com uma relação mais próxima, todos teríamos a ganhar.


A ver alguns artistas


Dario Basso

http://www.arthobler.com/artists/dario%20basso/pages/dario%20basso%20home.htm

Cecília Paredes

http://www.arthobler.com/artists/cecilia%20paredes/pages/cecilia%20paredes%20home.htm

Jules Maidoff

http://www.arthobler.com/artists/jules%20maidoff/pages/jules%20maidoff%20home.htm

Rui Matos

http://www.arthobler.com/artists/rui%20matos/pages/rui%20matos%20home.htm

Jacopo Foggini

http://www.arthobler.com/artists/jacopo%20foggini/pages/jacopo%20foggini%20home.htm


Arthobler – Galeria de Arte Contemporânea

Rua Miguel Bombarda 824

4050-379 Porto

Horário: 3ª a sábado, das 15:00-19:30

http://www.arthobler.com/home.htm

manuela@arthobler.com

 

artigo do grupo bombarte às 10:41
link do post | comentar | favorito
|

> 12ºJ - Esc. Sec. Filipa de Vilhena

> Julho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


> Links

> últimos posts

> Nós em notícia

> Fomos ao jornal Público!

> Ganhámos!

> Propostas

> Gatos e gatas

> BBI - Breve Bilhete de Id...

> BBI - Breve Bilhete de Id...

> MB na ESFV

> Socorro!

> Reportagem

> arquivo

> Julho 2008

> Junho 2008

> Maio 2008

> Abril 2008

> Março 2008

> Fevereiro 2008

> Janeiro 2008

> Dezembro 2007

> Pesquisa

 

> Circuito Cultural Miguel Bombarda

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

» Mapa do Circuito Cultural Miguel Bombarda

(clicar na imagem ou no link para ver em tamanho maior)
RSS
RSS