Domingo, 24 de Fevereiro de 2008

Jóias no CCB

  

Adorna Corações


Entrevistámos Estefânia Almeida, que é a dona de uma loja que define deste modo:


Trata-se dum espaço que divulga e mostra joalharia contemporânea. A primeira iniciativa do espaço é mostrar e dar a conhecer a área da joalharia contemporânea. Em segundo lugar, obviamente, tentar “angariar” coleccionadores e compradores para o nosso trabalho.”


Esclareceu-nos o seu percurso e forma de trabalhar:


Divulgo o trabalho de forma contínua pelas 18 pessoas com quem trabalhamos. Antes tinha um espaço mais pequeno, que continuava a ser o Adorna Corações. A primeira formação do Adorna Corações foi o Caso do Colar, o primeiro espaço que eu tive com outros joalheiros e já lá vão 6 anos. O espaço era muito reduzido e tínhamos de usar a imaginação para expor os trabalhos de joalharia”

 

   

 

À pergunta: “O que distingue a sua loja de outras, noutros locais?” respondeu:

 

O que nos distingue é que todas as pessoas que aqui trabalham sabem o que fazem e o que estão a propor, pois têm formação. São equilibradas e fazem do seu trabalho uma luta diária.


Sobre a rua e os seus problemas considera:


O dia das inaugurações é um dia mágico. As galerias e as lojas unem-se e a união faz a força! Seria preciso que fora destes dias houvesse mais atracções para o público aparecer.

 

artigo do grupo bombarte às 17:37
link do post | comentar | ver outros comentários (1) | favorito
|

Bonsais no CCB

 

Arbole Bonsai

 

Falámos com Paulo Herbert, o dono desta loja (é melhor dizer, espaço!). através da entrevista que lhe fizemos, ficámos a saber que se instalou no CCB desde a sua inauguração, em Maio de 2007.

 

“O conceito é proporcionar um espaço verde. É uma loja que vende e trata de Bonsais, é um espaço ao ar livre. Tem um objectivo pedagógico ao  mostrar que as plantas têm que ser cultivadas no exterior”.

 

    

 

Perante a questão sobre os principais problemas sentidos na zona, não hesitou em identificar o principal problema: “as pessoas estão a deixar a Baixa, onde se situa a rua. Era necessário que as pessoas voltassem a frequentar a Baixa da cidade, em vez de irem ao Norteshopping!”

 

Considerou que seria também importante promover-se mais o CCB, que é um espaço comercial que tem elementos de vanguarda, inovação e qualidade.

artigo do grupo bombarte às 16:21
link do post | comentar | favorito
|

Síntese do Projecto

 

BOMBARTE

 

 

Síntese do nosso projecto

 

Como não tivemos oportunidade de estar presentes no On the Road do Concurso Cidades Criativas, a organização pediu-nos uma breve síntese do nosso trabalho. Sugeriu ainda, que a colocássemos no nosso blog.

Aqui está!

 

Objectivo do nosso projecto

 

O objectivo do nosso projecto é conhecer uma área específica da nossa cidade: a zona de Miguel Bombarda. É uma área na baixa do Porto onde se juntam muitas galerias de arte. Somos alunos do Curso de Artes Visuais e por isso, faz todo o sentido estudar e avaliarmos esta zona. Pretendemos intervir durante e no fim do trabalho.

 

O que fizemos

 

Depois de termos estudado e aplicado várias técnicas de investigação, fomos para a zona tomar contacto com a situação. Poucos de nós a conhecíamos. Assim, passeámos, observámos e fotografámos a área em diferentes dias e horas. Dividimos o trabalho por três grupos e começámos a contactar galeristas e lojistas para perceber os problemas que existem. Fizemos entrevistas, visitámos ateliers, fotografámos as ruas em várias situações.

Concluímos que há vários problemas, mas há um que é central: para além do dia das inaugurações, a zona está sem gente! Há outros problemas, mas que pensamos que estão relacionados: transito automóvel, iluminação, falta de cooperação entre os interessados, etc.

 

O que pretendemos fazer

 

Vamos continuar com o levantamento da área para a conhecermos melhor. Percebemos que é preciso dinamizar os espaços o que passa por os dar a conhecer. Para isso, temos programado duas intervenções: uma na escola para atrair professores funcionários e alunos; a outra, corresponde ao nosso produto final.

Assim, pela nossa própria experiência, achámos que as pessoas não conhecem mas também não sabem como explorar a zona de Miguel Bombarda. Pensamos que algumas, como nós no início, se sentem inibidas. Vamos produzir um roteiro áudio a disponibilizar aos galeristas e lojistas, à autarquia e a outros. Vamos colocá-lo on-line para se poder fazer o download. Pensamos que com esta orientação será mais fácil aceder e visitar Miguel Bombarda.

Para além deste objectivo, queremos pôr os vários interessados em contacto. Percebemos que a nossa acção pode dinamizar as relações entre os lojistas, galeristas, comerciantes, Museu Soares dos Reis e outras instituições. O diálogo, melhor, mudar o tipo de diálogo é também um dos objectivos do nosso projecto.

 

 

 

 

IDENTIFICAÇÃO

 

Escola Secundária Filipa de Vilhena

 

Bombarte - http://bombarte.blogs.sapo.pt/

 

 

Estamos organizados em 3 grupos que avaliam diferentes ruas da área do projecto:

1 – Maria Beatriz, José Rosa, Mafalda Moura, Carolina Vieira e Pedro Joel

(Rua Miguel Bombarda)

 

2 – João Alves, Joana Costa, Rui Pinto, Joana Salgado, Romina Paula

(Ruas adjacentes a Miguel Bombarda)

 

3 – Daniela Mota, António Granja, Gabriela Rocha, José Luís Dias, Vasco Lourenço e Sofia Almeida.

(Museu Soares dos Reis e Centro Comercial Bombarda)

 

Contacto – prof. Manuela Matos Monteiro

artigo do grupo bombarte às 15:49
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 20 de Fevereiro de 2008

O petit CABANON no CCB

 

Um estranho espaço

 

   


O arquitecto Le Corbusier construiu uma pequena cabana de Verão, para a qual convidava os seus amigos, fazendo desta um espaço de convívio e partilha.

Baseando-se neste conceito, Inês Moreira vai aproveitar a mais pequena loja do Centro Comercial Bombarda para criar um local de pequenas mostras, cujo objectivo é a discussão e a reflexão sobre um determinado tema, nomeadamente questões relacionadas com o espaço expositivo, a arquitectura e as artes plásticas. Todas estas conferências são gravadas, constituindo um espólio de conhecimento.


O petit CABANON oferece, então, um ponto de encontro e convívio para aqueles que trabalham e investigam independentemente, sobre arquitectura e cultura visual.

Neste momento este espaço aloja o workshop “3 abordagens a 1 espaço”, que consiste numa aproximação ao espaço público por parte de alunos de Belas Artes do MADEP (Mestrado de Arte e Design para o Espaço Público).

 

No blog http://petitcabanon.blogspot.com/2008_02_01_archive.html#7060991251333494011 pode-se acompanhar os trabalhos propostos desde a sua fundação em 26 de Maio de 2007.

 

A História do petit CABANON de Le Corbusier pode ser consultada num opúsculo de Inês Moreira em http://www.dafne.com.pt/pdf_upload/opusculo_7.pdf

 


Le petit CABANON

CCBombarda,

Rua Miguel Bombarda 285, Porto


artigo do grupo bombarte às 19:47
link do post | comentar | favorito
|

> 12ºJ - Esc. Sec. Filipa de Vilhena

> Julho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


> Links

> últimos posts

> Nós em notícia

> Fomos ao jornal Público!

> Ganhámos!

> Propostas

> Gatos e gatas

> BBI - Breve Bilhete de Id...

> BBI - Breve Bilhete de Id...

> MB na ESFV

> Socorro!

> Reportagem

> arquivo

> Julho 2008

> Junho 2008

> Maio 2008

> Abril 2008

> Março 2008

> Fevereiro 2008

> Janeiro 2008

> Dezembro 2007

> Pesquisa

 

> Circuito Cultural Miguel Bombarda

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

» Mapa do Circuito Cultural Miguel Bombarda

(clicar na imagem ou no link para ver em tamanho maior)
RSS
RSS